sábado, 17 de novembro de 2007

Crianças não têm sala de aula no Maranhão

Crianças são obrigadas a estudar embaixo de árvores e os professores fazem de tudo para manter as crianças em "sala de aula", no inteior do Maranhão. A escola municipal deveria funcionar em um prédio na região, que foi interditado por razões de segurança.

As crianças enfrentam uma caminhada de cinco quilômetros com o sol a pino. O tormento só está começando para os filhos dos sertanejos da área rural de Caxias, no Leste do estado.

É preciso redobrar a atenção para aprender a soletrar as primeiras letras. Lá, aprende-se embaixo de uma mangueira.

Fracasso
O maior tormento para quem estuda ao ar livre é que venta muito forte nesta época do ano no Maranhão. A professora, por exemplo, tem que segurar a lousa o tempo todo para impedir que ela saia voando pelo quintal. “Já caiu um monte de vezes”, diz um menino. “Minha sala de aula é um fracasso”, comenta outro aluno.

As cadeiras trocam de posição procurando a sombra, que muda com a posição do sol. “Estamos aqui a três quilômetros da cidade. Não estamos no fim do mundo”, comentou um senhor. “Não tem condições de eles aprenderem, porque é um sufoco”, disse uma senhora.

2 comentários:

JR Vilanova disse...

As vezes até tem sala de aula, mas imagine um unica professora ensinar
quatro séries diferentes, e isso na
mesma sala.
Amigos esse é futuro do BRASIL!!!

VALDEJANE COSTA disse...

ESTÁ AÍ A RESPOSTA DO MELHOR GOVERNO DA ROSEANA SARNEY, NÃO PRECISAMOS DIZER MAIS NADA.

Noticias |